--22 a 24

de junho

2021

UM PERÍODO, UMA CRISE:

GLOBALIZAÇÃO E INSTABILIDADE

DOS TERRITÓRIOS

seminário

header_m2.jpg

POR UMA LEITURA CRÍTICA DA CONJUNTURA

A PARTIR DE MILTON SANTOS

Milton Santos faleceu em 24 de junho de 2001.
Decorridos 20 anos, sua obra permanece viva.
Segue sendo debatida e atualizada.
O vigor de seu pensamento crítico pode ser apreciado nas tramas de método que sustentam inúmeras pesquisas, tanto na descoberta de questões-problema, quanto na identificação e delimitação de variáveis significativas e caminhos metodológicos para interpretá-las
.

À luz do sistema conceitual por ele proposto, vem se realizando interpretações de complexas situações geográficas que caracterizam o período atual, nos permitindo analisar questões histórico-estruturais e conjunturais que afetam particularmente os espaços da periferia do mundo. Daí falarmos na atualidade do pensamento de Milton Santos.
Entendemos que o tempo presente nos impõe outros tantos desafios analíticos e nos convida a desvelar e debater caminhos à ação emancipatória, considerando estarmos diante, a um só tempo, do aprofundamento da crise e de uma transição em marcha.
A leitura dos territórios permanece sendo nosso grande desafio e se coloca como um chamado vindo de múltiplas vozes que se expressam numa diversidade de ambientes acadêmico-científicos, escolares, artístico-culturais, assim como dos movimentos sociais.
Com este evento pretendemos, portanto, debater a atual conjuntura histórica sob a inspiração da proposta teórica de Milton Santos e identificar os processos e disputas contemporâneas pelos usos dos territórios.